Exposição “Do Rio que Era Doce às águas do semiárido” – 17 a 20/10 – Salvador (BA)

Exposição: DO RIO QUE ERA DOCE ÀS ÁGUAS DO SEMIÁRIDO: CONTRADIÇÕES DO MODELO MINERAL.

A exposição discute modelo mineral brasileiro a partir do desastre/crime de Mariana e dos danos causados pela mineração na Bahia.

Local: Biblioteca Universitária Reitor Macedo Costa

Rua barão de Jeremoabo, s/n – Ondina – Salvador

Data: de 17 a 20 de outubro

Horário: das 09:00h às 20:00h

Evento gratuito.

A proposta é de realização do Comitê Nacional dos Territórios Frente a Mineração e já percorreu os estados de São Paulo, Pará e Maranhão. Antes desta proposta de Salvador, a mesma passou por Caetité (BA) onde foram realizados debates, mesas e visitações guiadas. Toda a articulação na Bahia ocorreu junto a Comissão Pastoral da Terra (CPT), o Movimento pela Soberania Popular da Mineração (MAM), o Movimento Paulo Jackson, entre outras entidades apoiadoras.

Clique aqui para saber mais informações.

 

20

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*